fbpx
Lista de viagemPowered by Rock Convert

O sol está lá, o céu está perfeitamente azul, mas o ar está gelado! Um dia com essas características é encantador! Imagine, ainda, se você estiver tomando uma deliciosa bebida quente enquanto aprecia a paisagem?

Você percebeu de que estação do ano estamos falando, certo? Já despertou aquela vontade de colocar um casaco quentinho e o pé na estrada? Uma viagem no inverno é, sem dúvida, uma experiência única.

Justamente por ser uma estação do ano mais fria e com condições climáticas peculiares, é uma época que requer mais atenção e tempo em seu planejamento. Antes de começar a preparar a bagagem, confira as melhores dicas em um guia de viagem, que criamos especialmente para esse período tão gelado!

Qual é a importância do planejamento de viagens?

Planejar qualquer coisa com antecedência é o melhor caminho para minimizar as chances de algo não sair como se espera. Você consegue encontrar melhores preços de passagens, hospedagem e tem tempo para escolher o destino com calma.

Também pode ser um exercício muito agradável. Imagine chegar em casa depois de um dia estressante de trabalho e mergulhar numa deliciosa busca por destinos, passeios, passagens etc.

Um pouco de tempo e organização resultam em uma viagem sem sustos e que fique dentro do seu orçamento. Você pode destinar um valor mensal até a data, para que não tenha que desembolsar tudo de uma vez. É durante o planejamento, também, que você vai descobrir se os seus dias de folga são compatíveis com o destino escolhido.

Como se planejar?

Para escolher o destino, você vai precisar refletir um pouco sobre quais são as suas expectativas. Existem muitos passeios turísticos que são incríveis e perfeitos para viajar no inverno. Pense sobre as experiências que gostaria de viver.

Passear por trilhas desafiadoras e paisagens lindas em meio à natureza, se divertir na neve, praticar esportes ou, simplesmente, curtir o frio, apreciando um bom vinho em frente à uma lareira? Leve em consideração o tempo que você tem disponível.

Você deve se lembrar de que ao menos dois dias do período total serão destinados aos deslocamentos. A permanência no local vai variar para cada roteiro — alguns podem exigir mais tempo por ter mais atrações. Os dias são mais curtos nessa época, então, é bom planejar bem as atividades para poder aproveitar ao máximo.

Quais são as vantagens de uma viagem no inverno?

São muitos os benefícios de viajar nessa época: as temperaturas mais baixas podem ser melhores para visitar lugares onde, em outros meses, o clima é muito quente. Também pode ter economia porque, normalmente, alguns desses destinos têm sua alta temporada no verão — isso vai se refletir em preços mais baixos nos hotéis e restaurantes, o que torna a viagem barata.

Para quem gosta da vida ao ar livre e curte esportes, essa é a época ideal para esquiar. Algumas atividades só podem ser praticadas sob condições climáticas específicas. Ou seja, é preciso o inverno para brincar na neve e patinar!

Se você gosta de explorar os lugares a pé, a viagem no inverno (que seja ameno, claro) pode ser a melhor opção. Ninguém fica confortável em andar debaixo de um sol de 40 graus! Essa estação tende a ser mais preguiçosa e aconchegante, perfeita para conhecer atrações em ambientes fechados, como museus e centros de compras.

Quais cuidados devem ser tomados no planejamento?

Dependendo do destino escolhido, uma viagem no inverno pode significar um aumento nas despesas, principalmente, por causa das roupas. O itens necessários para um passeio na neve, por exemplo, são bem específicos. Uma boa maneira de economizar é emprestar de amigos botas e casacos próprios.

Deixe para comprar somente os itens mais pessoais, como luvas, toucas e blusas de baixo. A vantagem de se planejar com muita antecedência é que você pode conseguir melhores tarifas e pacotes promocionais.

Quando estiver escolhendo o destino, busque informação sobre o clima em cada época do ano. Em alguns lugares, pode haver dificuldade de locomoção e isso acaba atrapalhando os passeios. Já pensou ter que caminhar por aí com os pés afundados na neve? Em algumas cidades, são comuns quedas e escorregões por causa do gelo que se acumula nas calçadas. Mas isso é facilmente resolvido com um calçado antiderrapante.

Quais são os melhores destinos para uma viagem no inverno?

Vamos listar alguns lugares muito especiais e que combinam bem com uma viagem no inverno. Anote essas dicas!

Gramado — RS

Localizado na serra gaúcha, a 130 quilômetros de Porto Alegre, esse é um destino perfeito para o inverno! São muitos parques com vistas incríveis, museus, exposições, vinícolas e restaurantes. Nos meses de junho e julho, a cidade ganha ares de Europa, com seus dias gelados e a arquitetura típica da colonização, predominantemente alemã e italiana.

A partir dela, é possível conhecer outas cidades próximas e que também merecem uma visita. Canela está a apenas 6 quilômetros — charmosa e com muitas opções de lazer, é quase uma extensão de Gramado. Conheça a belíssima Catedral de Pedra, a Cascata do Caracol e participe de um jantar temático com danças gaúchas típicas!

A 100 quilômetros, você encontra o Parque Nacional do Aparados da Serra, um lugar cheio de natureza e dois cânions que são simplesmente lindos: Itaimbezinho e o Fortaleza. A caminhada pela trilha do primeiro é mais tranquila e tem uma boa infraestrutura.

A outra exige um pouco mais, mas vale muito a pena conhecer. Em dias de sol, é possível enxergar o litoral que está a 100 quilômetros! No inverno, os ventos são gelados e intensos, por isso, é preciso estar preparado com roupas adequadas.

Vitória — ES

Capital do estado do Espirito Santo, é composta por um conjunto de 33 ilhas e uma parte continental. Mas nem por isso ela deixa de ser um destino de inverno, porque seus atrativos vão muito além das praias.

Viajar para Vitória é conhecer uma cidade moderna, com bons restaurantes, mas também, entrar em contato com a história da colonização, já que sua fundação se deu no século XVI. Conheça o Palácio Anchieta, um dos mais antigos prédios do Brasil. Sua construção iniciou-se no ano de 1570 para abrigar um colégio e contou com a participação de Padre José de Anchieta.

Aproveite para caminhar pela orla da praia de Camburi e experimentar um de seus mais famosos e deliciosos pratos, a moqueca capixaba! Muito perto, a pouco mais de 40 quilômetros de Vitória, está Domingos Martins, uma cidade de colonização alemã e italiana, que fica na região serrana.

As temperaturas médias de inverno na região podem cair abaixo dos 12ºC. O frio e o charme da arquitetura local são o cenário perfeito para se entregar aos prazeres da boa mesa, já que a culinária oferece boas opções gastronômicas. Há também atrações como esportes radicais, rafting e passeios em meio à natureza.

Pouso Alto — MG

Encravado no meio da Serra da Mantiqueira, a 1200 metros de altitude, esse é o destino dos amantes da natureza e, por que não, de cultura. É a segunda mais antiga do estado, e faz parte da rota turística Estrada Real.

Passaram por aqui nomes importantes da nossa história como Princesa Isabel, Fernão Dias Paes Leme e Borba Gato. A região é muito fria no inverno, quando podem ocorrer geadas e as temperaturas variam entre 0ºC a 10ºC no período.

A proximidade de quatro parques florestais — Floresta Nacional de Passa Quatro, Parque Estadual do Papagaio, Área de Preservação Ambiental da Mantiqueira e o Parque de Itatiaia — faz com que a natureza na região seja exuberante. As muitas trilhas levam a belas cachoeiras e vão ajudar a gastar as energias ganhas com as delícias caseiras, típicas da culinárias mineira. Entre elas, pão de queijo, doces, geleias, queijos etc.

Campos do Jordão — SP

Esse é um destino clássico dos paulistanos. Por estar relativamente perto de São Paulo (180 quilômetros), é a cidade preferida pelos moradores da capital e região para viajar no inverno.

Denominada como a Suíça brasileira, a cidade atrai visitantes estrangeiros e do Brasil inteiro, que procuram pelo frio durante o ano todo. Por ali, mesmo no verão, as temperaturas também são amenas.

Além de comer bem e aproveitar a intensa e efervescente programação cultural dos festivais de inverno, você pode se aventurar em tirolesas e trilhas. Aproveite os dias ensolarados para um charmoso passeio de bonde pela exuberante vegetação da Serra da Mantiqueira.

Montevidéu — Uruguai

A capital uruguaia tem se tornado uma escolha internacional bastante procurada pelos brasileiros. É fácil encontrar voos em promoção para esse destino austral, a partir das principais cidades do Brasil. Durante o inverno, as temperaturas variam entre 7ºC e 8ºC — faz mais frio pelas manhãs e noites, enquanto durante o dia o clima é mais ameno.

A oferta de passeios culturais, como os museus, é grande. Um dos mais notórios é o Museo de la Casa de Gobierno, que fica na famosa Plaza Independencia. Ele reúne informações sobre a história do Uruguai em seu bem cuidado acervo de documentos, pinturas, móveis e vestuário que fizeram parte do cenário político do país.

Se você é o tipo de pessoa que adora conhecer a cultura por meio da culinária, as opções gastronômicas são muitas. A carne é um destaque e se torna quase obrigatório provar os caldos, guisados, e a famosa parrillada, que são pratos típicos da região.

Mas aqui vai um alerta: se você não gosta muito de coisas com sabores diferentes, a parrillada talvez não seja uma boa escolha. Ela é feita com miúdos como os rins, fígado, bucho etc. Se a intenção é provar um autêntico churrasco uruguaio, peça um asado. No final do dia, as tardes frias tornam-se um convite para se esquentar nas cafeterias e casas de chá, espalhadas pelo centro.

Toronto — Canadá

Agora, se a sua ideia é encarar o frio de verdade, esse é o destino ideal para uma viagem no inverno! Mesmo com temperaturas que variam de 0ºC a -10ºC, são realizados vários eventos ao ar livre.

No final do mês de janeiro, acontece o Winter Craft Beer Festival, que reúne 18 cervejarias locais, em frente à CN Tower. Apesar do frio congelante de Toronto, as pessoas se reúnem para poder experimentar as bebidas.

Se você gosta de compras e quer fugir um pouco do frio rigoroso, vai se encantar com o PATH, que é, simplesmente, uma cidade subterrânea. São quatro pisos que ficam no subsolo e mais de 370 mil metros quadrados. Conta com mais de mil estabelecimentos, entre lojas, escritórios, hotéis, shoppings, restaurantes, cinemas, academia, supermercados etc. Essa gigantesca obra da engenharia está interligada a 50 prédios e cinco estações de metrô!

O que levar na bagagem?

A mala de quem vai fazer uma viagem no inverno é bem mais volumosa do que a de outras estações, e existem alguns itens que são imprescindíveis. Primeiro, é preciso pensar nos tipos de passeios que pretende fazer.

Se a sua intenção é só relaxar e curtir a gastronomia local, você só vai precisar de um bom casaco do tipo sobretudo, além de calçados quentes. Afinal a maioria dos ambientes fechados são aquecidos, então é melhor se vestir em camadas. Mas se você pretende desbravar algumas trilhas, ou praticar esportes na neve, precisa de roupas e calçados apropriados.

Uma bolsa de remédios para alguma emergência, além daqueles de uso regular e específico, claro, pode ser muito útil. Lembre-se, também, do protetor solar. Isso mesmo! Apesar do frio, os raios de sol nocivos afetam a pele. Veja uma lista com alguns itens para usar como referência:

  • desodorante, sabonete, xampu e condicionador;
  • pasta, escova e fio dental;
  • perfume;
  • lâmina de barbear (para viagens mais longas);
  • remédios básicos (analgésico, antitérmico, antialérgico, remédio a flora intestinal);
  • lencinhos umedecidos;
  • hidratante para o rosto e lábios;
  • antisséptico e curativos;
  • soro fisiológico.

Com essas dicas, ficou muito fácil se preparar para uma viagem no inverno. Programando os passeios com antecedência, você diminui as chances de passar por situações que coloquem em risco o sucesso das suas férias. Tire um tempo para investir no planejamento: isso faz uma grande diferença entre uma viagem incrível e uma decepcionante. Busque os melhores destinos, alternativos e incomuns — você vai se surpreender com lugares encantadores.

Não importa a época do ano escolhida, agora você já sabe como se organizar e tornar suas férias incríveis! Nós vamos sempre contribuir para que você fique cada vez mais expert nisso, oferecendo um conteúdo inovador e de qualidade. Assine nossa newsletter e prepare-se, pois novidades vêm por aí. Afinal, #ViajarFazBem!

Você-precisa-viajarPowered by Rock Convert