fbpx

Viajar faz bem em qualquer idade e em qualquer época e por isso, fizemos um guia em 3 etapas para organizar suas finanças e ir viajar. Quanto será que precisa? Quanto devo levar? Seja um final de semana, seja um “bate e volta”, ou até mesmo, dias prolongados, exige programação e claro, foco nesse objetivo. Fizemos um guia em 3 partes para você se organizar. Confere!


Tempo de leitura: 7 minutos

Você vai ler sobre: Dicas sobre economizar e viajar, programação de viagens curtas e mais extensas, logísticas e destinos.


Quando pensamos em viajar, geralmente pensamos em nossas férias, não é mesmo? Mas dependendo do destino e com quem vai, nem sempre o dinheiro é suficiente. 
Para isso, separamos algumas dicas neste Guia, para que você possa se organizar para viajar melhor.

1. Viagens curtas também são viagens

Viajar não precisa ser por um período longo e com vários roteiros. Que tal passar um final de semana numa cidade próxima para ficar mais em contato com a natureza e descansar? Ou então, aquele “rolê” de serra que você tanto comenta e nunca sai? A dica é reservar um final de semana e a agenda de quem vai com você. Mas, não necessariamente alguém precisa ir junto. Afinal, você é a pessoa mais importante da sua vida. “Encare” isso como um presente, você merece! 😉 

Calcule quanto vai de gasolina ida e volta, caso vá de carro. Reserve ao menos de 40 a 80 reais por dia para comer (sendo dois dias). Verifique 5 pontos bacanas para visitar e que possa fazer a pé, ou no máximo, utilizando transporte público. Ah, e veja quanto está a passagem disso! 
Leve apenas o essencial e verifique as condições do tempo para não ter gastos desnecessários! Que tal passar no mercado e comprar comida pronta para microondas do hotel?

Escolha destinos que são próximos às cidades turísticas, como por exemplo, Gramado e Canela. Assim, você pode conhecer e se encantar em dobro pagando muito menos, se fosse visitar uma de cada vez. Que tal?


2. Quero que minha viagem seja mais longa. E agora?

Bacana! Então, em seu roteiro, quais são os passeios que pedem um gasto a mais? Por exemplo: Restaurantes (famosos) para conhecer, lugares que você não consegue fazer a pé, vida noturna. Vai badalar? Tem algum filme legal estreando na semana e quer dar uma passada no cinema? Quem sabe uma roupa diferente, perfumes e presentes? 

São muitos detalhes para se pensar quando uma viagem é mais longa. Além de se organizar com escolha e diárias de hotel, é preciso verificar onde vão fazer as refeições, se tem algum evento ou atração acontecendo na cidade que vai visitar e, claro, os imprevistos que podem surgir. Lembre-se de fazer um seguro viagem também!

Vai viajar com crianças? Que tal ler sobre esse check-list que fizemos para lembrar de todos os itens?  

Que tal escolher uma cidade com muita coisa para fazer? Exemplo: São Paulo! Com certeza você vai ter tudo em um lugar só e vai parecer que está visitando muitos. Além disso, você está viajando, então se quiser, pode até visitar o litoral paulista. O que acha disso? 


3. Conheça e invista em um Clube de Viagens 

Nada melhor que falar com um atendente, informar seu destino, quantos dias vai viajar e deixar nas mãos dessa pessoa para encontrar o melhor hotel com café da manhã que melhor beneficie sua logística, seus passeios, suas compras e diversão. 

E para que você não se preocupe em tentar juntar dinheiro para viajar e no final, nunca sobrar, oferecemos o Clube de Viagens, da SBTUR, Viajar Faz Bem. Com ele, você escolhe um plano que ajude a realizar seus sonhos de conhecer destinos incríveis, se hospeda em hotéis maravilhosos e muito estratégicos. 

Gostou das dicas e quer saber mais sobre? Então, vem conversar com a gente sobre suas viagens de 2020! 

Porque #ViajarFazBem