fbpx
Lista de viagemPowered by Rock Convert

Para quem está prestes a tirar férias ou até mesmo vai ficar alguns dias em descanso, que tal fazer uma viagem cultural? Inicialmente, vamos entender um pouco mais sobre o que é isso: trata-se de uma atividade turística na qual você vai frequentar roteiros históricos ou até mesmo ir até a algum evento destinado à valorização de alguma cultura — material ou imaterial.

Quem pratica esse tipo de passeio tem a oportunidade de enriquecer o seu aprendizado, conhecer novos lugares, ficar por dentro da vasta história de nosso país, além de imergir em narrativas diferentes das nossas.

Pensando nisso, elaboramos este conteúdo para que você conheça alguns locais que podem ser considerados em seu roteiro. Continue a leitura e saiba mais!

1. São Paulo

São Paulo, além de contar com pontos turísticos incríveis, é uma das mais reconhecidas quando abordamos sobre esse tipo de viagem — considerada, inclusive, a capital cultural da América Latina. Entre os melhores passeios que podem ser feitos na cidade, destaca-se o Instituto Itaú Cultural, cujas atrações reúnem mostras, sessões temporárias e exposições.

Além disso, o MASP, Museu de Arte de São Paulo, é uma parada obrigatória. Localizada em uma das principais avenidas da cidade (Paulista), de cara a sua arquitetura já chama atenção — é um símbolo da cidade. Foi fundado no ano de 1947, mas só em 1968 se destinou para o atual local. O ideal é que se vá às terças, uma vez que a entrada é gratuita. Caso não esteja por lá nesse dia, não deixe de visitar, pois o ingresso é em torno de R$ 30.

A Pinacoteca também deve estar em seu roteiro, especialmente pela importância que tem para o âmbito cultural da cidade. Situada no que chamamos de centro antigo, é o museu de arte mais antigo da cidade. Suas exposições contemplam tanto os trabalhos elaborados no século XIX como o dos dias atuais.

Cultura não é apenas visitar museus, concorda? É também estar por dentro do dia a dia das pessoas daquela cidade. Por essa razão, vá ao Mercado Municipal, experimente o famoso pão com mortadela e aproveite muito os seus dias em uma das maiores metrópoles do mundo.

2. Inhotim

Minas não tem mar, mas tem passeios históricos e culturais que encantam qualquer turista! Uma prova disso é o maior museu a céu aberto do mundo: Inhotim, localizado em Brumadinho, a pouco mais de 50 quilômetros da capital.

Há obras assinadas pelos mais diversos artistas, em que a maioria delas permite a interação do visitante. Um guia será o ideal para que conheça todos os detalhes da obra, entenda o conceito e ainda fique por dentro da história da pessoa que a elaborou.

Para um passeio incrível neste local, recomendamos:

  • alugar um carro em BH ou chegar cedo à rodoviária para que aproveite o dia ao máximo;
  • utilizar o mapa disponível logo na entrada no museu, com o objetivo de identificar as principais obras de arte;
  • utilizar roupas e sapatos confortáveis, pois o local é extenso e pede muita caminhada;
  • levar roupa de banho, uma vez que há obras de arte que permitem a interação (duas piscinas, por exemplo);
  • reservar dois dias para que todas as obras sejam visitadas.

3. Recife

Para quem acha que as viagens para o Nordeste se resumem à praia, saiba que Recife é um berço cultural que deveria ser conhecido por qualquer brasileiro.

Conhecida como a Veneza brasileira, a capital de Pernambuco conta com museus, galerias e outros pontos nesse estilo que oferecem ao visitante uma bagagem completa de conhecimento sobre o povo daquele local. Além disso, a cidade permite imergir em narrativas com as quais não teriam muito contato caso não fossem essas atrações.

O Museu Cais do Sertão, por meio de bastante interação, permite que a pessoa fique por dentro de toda a história do sertão nordestino, seja relacionada aos personagens épicos que já viveram ali (Lampião e Maria Bonita, por exemplo), seja cantando músicas de um dos mais conhecidos nomes da história do estado — Gonzaguinha.

Diariamente, há ainda a exibição de um filme que traz para o público a vivência dos moradores dessa região do Brasil, fazendo com que tenhamos contato bem próximo com esses relatos.

4. Ouro Preto

Ouro Preto, a pouco mais de 100 quilômetros de Belo Horizonte, é um destino bastante eclético. Você pode executar esse passeio em apenas dois dias, mas há atrações para mais de uma semana. Foi a capital de Minas Gerais por muitos anos, até perder o posto para a primeira cidade moderna planejada do país.

Vá preparado, pois as ladeiras convidativas e ricas em história são muitas — além de bastante prazerosas! O ponto de partida é a Praça Tiradentes, cujo monumento do personagem de mesmo nome (instalado em 1894) é considerado um dos marcos da cidade.

Não deixe de ir ao Museu da Inconfidência, com objetos e demais itens que contam um pouco mais sobre a história da Inconfidência em Minas, seus principais nomes e o que acontecia com quem ia contra às ideias do governo.

Além disso, igrejas é o que não faltam. Independentemente de sua religião, saiba que são verdadeiras obras de arte. Algumas têm em seu interior mais de 500 quilos apenas em ouro — o que impede o registro fotográfico, justamente para a preservação.

Se você for uma daquelas pessoas que ama levar lembrancinhas, a Feira de Pedra Sabão é uma parada obrigatória. Está logo em frente à Igreja de São Francisco, contendo milhares de peças fabricadas pelos próprios moradores.

Neste conteúdo, você pôde entender um pouco mais sobre alguns destinos para viagens culturais inesquecíveis. Para que haja uma programação eficaz desses dias de descanso, o ideal é considerar qual é o seu perfil, o que você mais gosta de conhecer e quantos dias ficará naquele local. Além disso, preocupe-se com um bom planejamento, justamente para que tudo saia dentro do previsto e sem sustos enquanto estiver descansando.

Aqui, não chegamos a mencionar sobre o Rio Grande do Sul. No entanto, os locais para a visitação nesse estado atendem a todos os gostos de viajantes. Por essa razão, continue no blog e confira algumas dicas de passeio para a capital brasileira do vinho, Bento Gonçalves.

Você-precisa-viajarPowered by Rock Convert