fbpx
Lista de viagemPowered by Rock Convert

Você é daquelas pessoas que, assim como a gente, conta os dias para a próxima oportunidade de viajar? Se sua resposta for sim, e se você gosta de aproveitar os momentos de folga para fazer viagens curtas e descomplicadas, é importante saber como preparar uma mala pequena e completa para encarar as aventuras!

Neste artigo, daremos algumas dicas imperdíveis para organizar a bagagem sem mistério, sem excessos e com muita objetividade. Se viajar faz bem, saber organizar cada detalhe, incluindo as malas, torna tudo ainda melhor!

Vantagens de viajar com mala pequena

Não existe sensação melhor do que juntar a família e sair da rotina, não é mesmo? O único problema costuma ser o excesso de malas e objetos, que acaba tornando o momento, antes leve, custoso e atribulado.

Se esse é seu caso quando faz viagens em família, temos uma boa notícia! Até mesmo a mala de viagem infantil pode ser simplificada!

As vantagens de saber escolher bem os itens da bagagem para o passeio são muitas. Podemos citar, por exemplo, a descomplicação do processo de arrumar e desarrumar a mala e, até mesmo, a redução dos custos com despacho de bagagem (você sabia que agora a bagagem de mão pode pesar até 10 quilos?) .

Se você tem dificuldade para organizar uma mala pequena e quer descobrir os principais segredos para ter sucesso na atividade, fique de olho no próximo tópico! Traremos algumas dicas de ouro para organizar a bagagem sem exageros!

Como organizar uma mala pequena

Confira nossas dicas para arrumar uma mala pequena e funcional sem mistérios!

1. Pratique o desapego

A primeira dica é um exercício que começa nas malas, mas vale para toda a vida! Faça uma autorreflexão e coloque na balança o que realmente importa: a experiência de curtir um feriado, como a semana santa, ou as roupas e objetos que estarão com você nesse momento?

Com a resposta dessa questão em mente, fica mais fácil entender que não é preciso muito para viver experiências incríveis!

2. Estude o destino para fazer a mala

A arrumação da mala precisa estar alinhada com as características do destino. Antes de começar a organizar o que levar, pesquise a previsão do tempo, o estilo do local, as ofertas de passeios e as quais são as possibilidades de lazer.

Se o local escolhido oferecer muitas opções de turismo ecológico, por exemplo, dispense os saltos altos e sapatos sociais! Os tênis serão seus melhores amigos.

Se for uma viagem de verão, não se preocupe com casacos pesados e acessórios quentes. Foque em roupas frescas e leves.

3. Faça uma lista

Conhecendo bem as características do destino, já é possível partir para a boa e velha lista de viagem. Ao escrever os itens considerados essenciais, fica mais fácil analisar o todo de forma sistemática e, consequentemente, avaliar o que está sobrando e o que falta.

4. Faça combinações inteligentes

Um segredo fundamental para arrumar malas de adultos ou crianças é investir em combinações inteligentes. Dê preferência a peças de cores neutras ou complementares, que podem ser utilizadas em diferentes combinações e em diversos contextos.

Uma calça jeans, por exemplo, pode integrar tanto um look diurno, perfeito para fazer um passeio por cidades históricas ou turismo religioso, quanto uma versão mais sofisticada, para um jantar a dois em uma viagem romântica.

5. Leve roupas estratégicas

Não basta apenas ser versátil! A melhor roupa para mala pequena precisa ser, também, estratégica. Invista em tecidos leves, pouco volumosos e que não amassem muito. Assim, mais um item já pode ser dispensado da lista: o ferro de passar!

6. Foque no que é realmente necessário

Falando em ferro de passar, o secador de cabelo, as toalhas e os acessórios são realmente necessários? Em muitos casos, o medo de precisar de algo faz com que o volume de itens desnecessários cresça muito, e que a mala pequena se torne apenas um sonho distante.

Não deixe que isso aconteça!

Informe-se se sua hospedagem oferece alguma dessas funcionalidades (toalhas e secadores de cabelo são itens praticamente certos!) e elimine de sua lista aquilo que não é necessário.

Quanto aos acessórios, foque naquilo que tem utilidade verdadeira (como cintos ou chapéus, em caso de viagens para as melhores praias brasileiras) e deixe os supérfluos para trás sem peso na consciência!

7. Use técnicas de aproveitamento do espaço

Você já ouviu falar nas técnicas de organização de Marie Kondo? A empresária japonesa ficou mundialmente famosa por seus incríveis métodos de ordenação de roupas e itens pessoais, sempre pensando em eliminar o excesso, mantendo consigo somente o que é estritamente necessário.

Entre as dicas de Marie, há algumas especialmente voltadas para formas otimizadas de dobrar e guardar roupas, aproveitando da melhor forma os espaços disponíveis. Quer conhecer algumas delas? Veja abaixo.

  • dobre as roupas em rolinhos ou em triângulos para ganhar espaço na mala;
  • encaixe os itens uns nos outros;
  • guarde peças menores em sacos;
  • transfira perfumes, shampoos e cremes para frascos menores, de acordo com o tempo de duração da viagem;
  • aproveite todos os bolsos da mala.

Importância de um bom planejamento

Aposto que, ao ler este título, você pensou em planejamento financeiro, não foi? E você não se enganou! Ele é realmente importante para determinar o sucesso de uma viagem.

Mas, além disso, planejar com calma a organização da mala pequena também é essencial. Por isso, assim como já é hábito reservar um tempo para planificar os gastos e as estratégias de viagem, reservar um período tranquilo para pensar na composição da mala também deve ser.

Não deixe para a última hora: faça sua mala pequena com antecedência, testando combinações de itens, removendo aquilo que está sobrando e incluindo o que foi esquecido, mas era essencial.

Organizar uma mala pequena demanda paciência, desapego e muita praticidade. Pode ser difícil cumprir o objetivo nas primeiras vezes, mas, com o tempo, a tarefa tende a fluir melhor e a se tornar cada vez mais prazerosa.

Se você não vê a hora de começar a arrumação, aproveite nossas ideias! Mas, se estiver no auge da rotina corrida, do estresse e da dificuldade de concentração, temos uma dica de leitura especialmente para você: será que você precisa viajar? Leia o artigo e descubra!

Sugerir compartilhamento nas redes sociais

Você-precisa-viajarPowered by Rock Convert