fbpx

Viajar é o sonho de consumo de muitas pessoas, tanto aquelas com mais experiências quanto as que nunca saíram de sua cidade. E um dos fatores que mais impacta para que esse sonho tenha obstáculos é a situação financeira. Afinal, uma viagem não é algo tão barato, até mesmo quando se trata de destinos mais próximos — sempre haverá impacto para o bolso.

Nesse cenário, um bom planejamento financeiro é essencial para que haja uma reserva destinada a esse sonho. É preciso, então, mudar hábitos com relação ao dinheiro para fazer uma economia. Quando se tem um objetivo sério e concreto, aliás, é fundamental fazer uma administração correta de suas finanças para cumprir o que se deseja.

Quer aprender como fazer o seu planejamento financeiro para viajar com tranquilidade e frequência? Siga nossas dicas! 😉

Escolha o destino

planejamento financeiro

Se você quer viajar, precisa ter em mente de forma objetiva o destino do passeio. Isso porque é necessário direcionar precisamente sua reserva financeira. Se você apenas economizar dinheiro, sem a escolha de um destino para conhecer, as suas chances de gastar a quantia poupada são maiores.

Logo, esse é um exercício de foco absoluto no seu objetivo. A melhor dica para escolher um destino que você sabe que poderá conhecer nos próximos meses é optar por um que vá caber em seu bolso no momento. Se você nunca viajou para fora do país e não está acostumado em economizar pensando no câmbio, por exemplo, talvez seja melhor escolher um destino turístico no Brasil primeiro.

Levante os custos da viagem

planejamento financeiro

Não é apenas as passagens e o valor de estadia que contam. O dinheiro será necessário para comprar lembrancinhas, alimentação, roupas ou calçados que forem necessários para o clima do local, algum medicamento, itens para usar durante a viagem, entre outros.

Ao calcular os custos para o seu tempo de estadia, é relevante também colocar um valor além do básico — quase o dobro, por segurança. Alguns lugares turísticos, especialmente em épocas do ano que recebem mais turistas, têm um aumento nos preços.

Controle o seu cartão de crédito

planejamento financeiro

O cartão de crédito é motivo de muitas pessoas se endividarem e ficarem em uma resolução financeira em que trabalham apenas para pagarem suas contas, sem a possibilidade de fazer uma reserva. Então, mudar esse hábito é um importante passo para se iniciar um planejamento financeiro.

Você pode usar um cartão de crédito que permita trocar seus pontos por milhas aéreas, por exemplo, mas controle os gastos, diminua as compras e não use esse método de pagamento durante a viagem. O motivo é simples: além do que foi estipulado para gastar no passeio, ainda surgirão mais dívidas, gerando um negativo efeito “bola de neve”.

Reveja seus hábitos de consumo

planejamento financeiro

Se você está na situação que mencionamos acima, de constantemente pagar contas e nunca sobrar dinheiro, é hora de rever seus hábitos de consumo. Muitas vezes não precisamos comprar tudo o que queremos, de modo que economizar não é abrir mão de algo necessário, mas sim uma prática sadia de eliminar o que não é essencial no momento.

Você não precisa deixar de sair e se divertir para economizar dinheiro. O lazer é uma atividade importante, é claro. Mas pense no que compra no dia a dia, quanto custa e se aquilo é realmente uma necessidade ou apenas um grande desejo impulsivo de consumo.

Use aplicativos de planejamento financeiro

planejamento financeiro

Para colocar em prática o passo anterior, não precisa esperar a fatura do seu cartão de crédito chegar para analisar em que você gastou desnecessariamente o seu dinheiro. Use aplicativos que ajudem a ter consciência do seu consumo e torne esse acompanhamento um hábito.

Alguns aplicativos famosos para planejamento financeiro pessoal são:

  • Guia Bolso;
  • Mobills;
  • Minhas Economias;
  • Wally;
  • Organizze;
  • Orçamento diário.

Faça sua reserva de dinheiro extra

planejamento financeiro

Alguns imprevistos na sua vida pessoal podem acontecer durante o planejamento e é importante ter dinheiro extra a fim de não tirar daquele destinado à viagem.

Nossa recomendação é que, com o corte que você fará em seus gastos, os seus rendimentos sejam divididos. Uma parte pode ir para a sua viagem e outra para a reserva de emergência. O hábito de ter sempre dinheiro reservado também evita o gasto com cartão de crédito.

Apenas cuide para que não volte a ter gastos desnecessários, com o pensamento de “agora tenho dinheiro extra, posso comprar isso”. Mantenha o foco! 🙂

Fique atento em promoções

planejamento financeiro

Promoção é uma boa forma de economizar. Muitas lojas e restaurantes fornecem cupons de desconto, então, aproveite-os! Na sua lista de necessidades feitas nos aplicativos de controle financeiro, procure lojas online que vendam aqueles itens e se inscreva para receber as promoções em seu e-mail.

O mesmo deve ocorrer com passagens aéreas. Há diversos sites em que você consegue aproveitar promoções exclusivas de passagens para o seu destino escolhido ou algum outro, caso queira mudar. Esse também é um incentivo para que você se lembre do seu grande objetivo, que é viajar, e, assim, tenha menos distrações para outras compras.

Fique atento à data da viagem

planejamento financeiro

Caso você consiga se equilibrar muito bem e fazer sua reserva financeira com mais tranquilidade, você deve comprar passagens e fazer o levantamento de custos em alta temporada do seu destino. É importante ter em mente que o dinheiro para a alta temporada é bem maior, mas a diversão também será.

Por exemplo, o nordeste do país tem seu período de alta temporada no verão e no carnaval. As serras gaúchas no inverno. Em alguns lugares no Brasil é possível também aproveitar o início da temporada. Por exemplo, o fim do outono e o início do inverno no sul e primavera e começo ou fim do verão no nordeste.

Viaje acompanhado ou sozinhoplanejamento financeiro

A vantagens de se viajar acompanhado de alguém ou de mais amigos e família é a possibilidade de dividir os custos de estadia. Muitos lugares oferecem pacotes com descontos para grupos. Mas não espere reunir pessoas que vão de fato viajar com você. Pense na possibilidade de seguir para o seu destino turístico sozinho. Que tal?

Viajar sozinho também garante diversão, novas amizades, oportunidades até mesmo de trabalho (caso você se apaixone pelo lugar a ponto de se mudar) e trabalha a sua autoconfiança e autoconhecimento.

Um planejamento financeiro, além de ser uma forma de ter mais realizações e propósito para seu dinheiro, também é uma maneira de ter uma melhor educação financeira. Tendo um objetivo grande como uma viagem, porém alcançável com economia, você conseguirá outras realizações menores ou maiores que antes pareciam quase impossíveis.

Gostou de saber como se planejar financeiramente para sua viagem? Veja também dicas de como viajar todos os anos!