fbpx
Lista de viagemPowered by Rock Convert

Ao escolher os melhores destinos nacionais, é preciso inicialmente analisar quais são as suas necessidades no momento de montar o seu roteiro. Deseja um passeio mais voltado para a questão cultural ou pretende curtir o verão em uma cidade do litoral, com todos os pontos turísticos que ela tem?

Em uma viagem para a região Sudeste, o que não faltam são alternativas para os mais diversos gostos, com a possibilidade até mesmo de aliar essas expectativas em um destino só.

Pensando em ajudar nisso, elaboramos este conteúdo para que você fique por dentro das principais cidades que você pode conhecer. Boa leitura!

Rio de Janeiro

Quais as principais cidades do Rio de Janeiro que podem constar em seu roteiro? Confira!

Rio de Janeiro

Vamos começar abordando sobre a capital do Rio. Conhecida no mundo todo como a cidade maravilhosa, o Rio de Janeiro oferece a possibilidade de você ser imerso na rica história do nosso país, além de visitar praias e pontos que são referência do Brasil.

O indicado é que o roteiro nessa cidade seja muito bem planejado, pois há tantas opções para serem feitas que é preciso definir prioridades. Há aqueles locais que não devem faltar em sua lista, como o Pão de Açúcar e o Corcovado. Quem já não teve muita vontade de ir a esses locais apenas por vê-los na TV, não é verdade?

Há, ainda, um dos mais ricos e importantes jardins botânicos do mundo, indicado especialmente para quem é fã do turismo ecológico. Fundado quando a corte portuguesa chegou em terras brasileiras, fugindo das tropas de Napoleão Bonaparte, conta com uma área de 137 hectares, além de inúmeras espécies raras de orquídeas e outras plantas exóticas.

A poucos metros dali, você ainda tem a possibilidade de conhecer o Parque Lage, aos pés do morro do Corcovado, onde você tem a possibilidade de estar em um local que respira arte e programas culturais. Em relação às praias, há aquelas mais tradicionais, como Leme, Copacabana, Ipanema e Leblon — todas bem próximas umas das outras.

A de Ipanema, inclusive, é uma das mais conhecidas de todo o Brasil. Localizada entre o Arpoador e o Jardim de Alah, há trechos nos quais as ondas são mais agitadas, enquanto em outros são tranquilas, o que comporta os mais diferentes tipos de visitantes. Aliás, uma parada quase que obrigatória é admirar o pôr do sol visto da Pedra do Arpoador: é algo de fato emocionante!

Paraty

Já imaginou ter a possibilidade de visitar uma cidade histórica e que fica no litoral? Essa é Paraty! Quando ir até a cidade? Aí é que está o ponto: em qualquer época do ano. No entanto, é preciso levar em consideração que entre os meses de junho e setembro são períodos com temperaturas mais amenas.

É o ideal para fazer passeios de barco por toda a região, mas há dias em que o clima pode não ser muito favorável para praias.

Para as pessoas que gostam de festas religiosas, Paraty costuma receber muitos visitantes com o objetivo de conhecer suas tradicionais centenárias, como a Páscoa (geralmente em março ou abril), a Festa do Divino (geralmente em maio ou junho) e a de Corpus Christi. Essa última, inclusive, chama a atenção especialmente pela arte contida em seus tapetes de serragem e areia espalhados pela cidade, uma verdadeira obra de arte.

Arraial do Cabo

Há quem diga que Arraial do Cabo é considerada o Caribe brasileiro. Com águas claras e muitas praias encantadoras, Arraial fica na Região dos Lagos do Rio, bem próxima a Cabo Frio.

Recentemente, o turismo da cidade deslanchou, especialmente devido ao fato de as suas principais praias terem se tornado mais conhecidas nas redes sociais. Afinal, a beleza cristalina é garantia de sucesso entre os amigos, especialmente no Instagram.

Inclusive, essa é uma alternativa a ser considerada se você ficar por mais tempo no Rio de Janeiro. Só não é indicado fazer o roteiro Rio/Arraial em vésperas de feriado ou períodos cujo fluxo é maior, justamente devido ao trânsito movimentado.

As opções de praias a ser frequentadas são diversas, como a Prainha, Praia Grande e a Praia do Forno — essa considerada uma das conhecidas de Arraial. Para chegar até ela, é preciso fazer uma trilha que é um pouco ingrime: no entanto, a vista lá de cima é imperdível, quase um cenário de filme!

As águas tranquilas e claras tornam o passeio imperdível para ser feito com crianças. Há, também, uma excelente estrutura com alternativas de bares para todos os gostos.

Ilha Grande

Ilha Grande é a maior ilha da baía de Angra dos Reis. Para chegar até ela, é preciso fazer um passeio de barco que leva cerca de 1h30 — você pode optar por partir de Angra dos Reis ou de Mangaratiba. Hoje, a principal fonte de economia da cidade é justamente o turismo, mas antigamente foi palco de batalhas marítimas, além de servir de presídio para presos políticos no século passado.

Há diversas opções de passeio no local, como as trilhas pela Mata Atlântica, os passeios de lancha ou de escuna. Ali, tudo gira em torno das praias, sendo o principal atrativo da região. Quando estiver indo para a Ilha, não deixe de prestar atenção pelo caminho, pois há muitos pontos interessantes a serem observados (cachoeiras e ruínas históricas, por exemplo).

Petrópolis

Localizado na serra fluminense, Petrópolis é aquele destino na região Sudeste para quem deseja algo mais cultural e sem muita ligação com praia. Ao caminhar pelo centro da cidade, você logo se depara com imponentes casarões, uma vez que o município foi fundado na época de D. Pedro II — o que atraiu muitos nobres àquela época.

Entre os principais pontos turísticos, destacamos:

  • Catedral São Pedro de Alcântara: um verdadeiro monumento, conta com vitrais que já fazem mais de um século de história;
  • espetáculo Som e Luz: que permite uma imersão ao período histórico da família real, no Museu Imperial;
  • andar de pantufas pelo museu: e ainda ter a possibilidade de conhecer vários dos objetos que pertenceram ao império;
  • restaurante Bourdeaux: bem tradicional e que oferece uma boa cartela de vinhos, entre outros.

São Paulo

Agora que você já conhece as principais cidades do Rio de Janeiro, chegou o momento de explorarmos um pouco o principal polo econômico de nosso país: São Paulo. Confira!

São Paulo

A maior metrópole do Brasil traz inúmeras possibilidades para quem deseja passeios culturais. Vamos começar pela Avenida Paulista: ali, é o verdadeiro coração da cidade, onde tudo acontece! O ideal é buscar por um hotel que se localiza próximo a essa região, uma vez que há a possibilidade de conhecer todos os pontos do local e ainda ter a facilidade de ir a outros bairros da capital com facilidade.

Na avenida, o Museu de Arte de São Paulo (MASP) é praticamente uma parada obrigatória. É um dos pontos turísticos mais visitados da capital e, às terças-feiras, a entrada é gratuita.

Em relação ao centro antigo da cidade, o bairro do Bixiga é um dos mais tradicionais, cujas alternativas para um turista conhecer são diversas. Entre elas, a Praça Dom Orione, a Escadaria do Bixiga, o Museu dos Óculos (com um acervo dos mais interessante de itens que pertenceram a figuras icônicas), além do Museu Memória do Bixiga.

Não deixe de conhecer a Pinacoteca do Estado e o Mercado Municipal, onde há o conhecido pão com mortadela. Tradição é tradição, não é mesmo?

Além disso, o Parque do Ibirapuera é considerado um dos melhores locais de São Paulo. Conta com mais de 1,5 mil quilômetros quadrados de extensão com opções de quadras, pistas para corridas, locais de descanso, ciclovia etc., todos integrados com um vasto acervo cultural. Na região, existe a possibilidade de conhecer museus e outros espaços, como o Museu de Arte Moderna.

Por fim, não pode faltar uma parada no Restaurante do Terraço Itália. Ter a possibilidade de estar em um prédio de 41 andares e ter uma visão de cima da cidade de São Paulo traz uma sensação única, além de permitir fotos incríveis!

Para chegar até a cidade, há duas opções de aeroporto: o de Guarulhos e o de Congonhas. O indicado é aterrissar em Congonhas, uma vez que o de Guarulhos é um pouco mais distante.

Campos do Jordão

Para os mais adeptos de períodos frios, Campos do Jordão é um dos principais destinos do Brasil quando se trata do inverno em sua viagem para a região Sudeste. Conhecida por ser a Suíça brasileira, você pode visitar Vila Capivari, onde há diversos bares e chocolatarias.

Aqui, ainda há a possibilidade de fazer um passeio de teleférico — no Morro do Elefante, essa vai ser uma das vistas mais incríveis que o turista terá do município. Ainda há o passeio de bondinho, cujos preços variam entre R$12,00 e R$16,00, sendo um dos mais procurados da cidade.

O visitante tem ainda a possibilidade de conhecer a Vista Chinesa, o primeiro ponto da cidade — localizado antes da entrada do município, com uma bela vista do Vale do Lajeado. Pouco mais à frente, você vai se deparar com o portal de Campos do Jordão, local típico para bonitas fotos de quem foi até a cidade e que também é responsável por dar boas vindas aos turistas.

Como a época de inverno é a mais indicada para que seja feito o passeio pela região, os meses entre maio e agosto são os que mais recebem visitantes, justamente pelas temperaturas em torno de 5 graus. Além disso, entre os meses de junho e julho, é realizado o Festival Internacional de Campos do Jordão, com várias atrações culturais e musicais.

Atibaia

Atibaia é o típico passeio para quem deseja curtir alguns dias em família. Conhecida pela festa das Flores e do Morango, a cidade conta ainda com:

  • passeio de pedalinho;
  • maria fumaça;
  • Parque Municipal Edmundo Zanoni;
  • passeio de teleférico.

O principal ponto turístico em Atibaia é a Pedra Grande, inclusive tombada como Patrimônio Histórico Estadual. Esse passeio contempla inclusive aquelas pessoas que curtem um esporte mais radical, pois há a possibilidade de realizar saltos de asa-delta com agências locais.

São Sebastião

A cidade de São Sebastião contempla os amantes da natureza que não dispensam uma boa infraestrutura e ainda oferece possibilidades para quem não abre mão de uma cidade mais agitada. São Sebastião conta com muitas alternativas de baladas, além de praias que têm fácil acesso.

A Praia de Maresias, por exemplo, oferece possibilidades para os turistas durante a tarde, para o jantar e ainda tem chance de emendar para festas realizadas no período da noite. No entanto, caso deseje ir até lá e esteja localizado a uma distância um pouco longa, prepare-se para o trânsito e planeje sair um pouco antes. Essa é a opção de muitos dos visitantes!

Há ainda as praias mais tranquilas, como:

  • Praia do Toque-Toque Grande;
  • Praia do Toque-Toque Pequeno;
  • Praia do Santiago;
  • Praia do Paúba.

Conforme percebido, há opções para todos os gostos e para todos os perfis de pessoas!

Guarujá

Guarujá é a cidade conhecida como a pérola do Atlântico e tem toda a infraestrutura que o turista deseja. Com praias bem equipadas e com todos os estabelecimentos necessários para passar um bom feriado ou férias, o local ainda conta com muitos pontos turísticos.

Entre os mais conhecidos, destacam-se:

  • Mirante do Morro da Caixa D’Água;
  • Mirante do Morro do Maluf;
  • Mirante do Costão das Tartarugas;
  • Fortaleza Santo Amaro da Barra Grande;
  • Forte dos Andradas;
  • Forte do Itapema.

Até mesmo para os amantes de turismo ecológico, você pode conhecer a Trilha da Fortaleza de Santo Amaro da Barra Grande, Trilha da Praia do Éden, Trilha da Praia Preta, Trilha das Ruínas, Trilha do Conde etc.

Minas Gerais

Já ouviu falar que quem conhece Minas Gerais não esquece jamais? Pois é! Selecionamos as principais cidades para que você possa avaliar os diferenciais e começar seu planejamento financeiro para essa viagem.

Belo Horizonte

Belo Horizonte é uma cidade com múltiplas opções. Para começar, é conhecida como a capital dos bares. Pode ter certeza que opção para beber uma cerveja gelada não vai faltar.

Logo no Centro, você se depara com o Edifício Archangelo Maletta: em seu primeiro andar, logo acima do pilotis, você só encontrará estabelecimentos para os mais diversos gostos. Há opções veganas, há locais que vendem hambúrgueres e drinks dos mais variados tipos.

Ainda no Centro, você vai se deparar com uma parada obrigatória: o Mercado Central. Ocupa um quarteirão inteiro, sendo a entrada principal voltada para a Avenida Augusto de Lima (a mesma que também tem uma entrada para o Edifício Maletta).

As diversas lojas oferecem ao turista produtos que fazem parte da história local de muitos municípios, além de ser um mix de aromas e sabores que vale a pena a visita. Para quem ainda não tem uma ideia de como é esse ponto, é só se imaginar entrando em uma mercearia onde tem de tudo. Diariamente, há uma média de 30 mil pessoas circulando pelo local, ávidas por degustar os seus itens e também por conhecer coisas novas, além de ter um contato especial com o artesanato.

Ainda em BH, temos o complexo da Pampulha. Ali, você pode caminhar pela orla da lagoa, conhecer a Igreja de São Francisco projetada por Niemeyer e ainda visitar o Parque Guanabara, ideal para toda a família.

Mais na região centro-sul, há a Praça da Liberdade, onde há muitas opções de museus e locais culturais:

  • MM Gerdal;
  • Espaço do Conhecimento UFMG;
  • Memorial Minas Gerais Vale;
  • Biblioteca Pública Estadual Luiz Bessa;
  • Casa Fiat de Cultura;
  • Museu das Minas e do Metal;
  • Palácio da Liberdade.

Brumadinho

Se estiver passando alguns dias em BH, pode também visitar o maior museu de arte contemporânea a céu aberto do mundo: Inhotim, em Brumadinho. Aberto de terça a sexta-feira, de 9h30 às 16h30, e aos sábados e domingos, fechando às 17h30. Às quartas, a sua entrada é gratuita, o que aumenta também o fluxo de pessoas.

O ideal é que você tenha tempo para visitar o máximo de obras possível. Caso não seja muito adepto às pesquisas de arte, pode ter certeza que cada visita será uma surpresa diferente. Há ainda as obras que são temporárias, enquanto outras são permanentes e de grandes nomes do cenário artístico, como Tunga, Cildo Meireles, Hélio Oiticica, Carrol Dunham etc.

Se você não deseja ir de carro, há ônibus saindo da rodoviária de BH. Se a sua opção for a quarta-feira, também é indicado que vá com certa antecedência, justamente pelo grande movimento. Mas pode ter certeza: você vai se encantar com tudo o que Inhotim tem a oferecer!

Ouro Preto

Antiga capital de Minas, Ouro Preto guarda em suas ladeiras muita história para contar. São vários museus e passeios que encantam qualquer visitante. Entre as opções a serem feitas na cidade, destacam-se:

  • passeio pelas igrejas: acredite, devido ao seu grande número de monumentos, essa pode ser a principal cidade de Minas para turismo religioso. São obras de arte, algumas feitas inteiramente de ouro, que marcam a história do município e levam o visitante até o período colonial do Brasil;
  • museus: para os fãs de conhecer tudo o que aconteceu com a história da cidade, é preciso ir aos museus. Nos séculos passados, teve grande influência na atividade mineradora, o que pode ser constatado nesses pontos;
  • antigas minas de ouro: nada mais justo do que visitar as antigas minas de ouro, concorda? Pode ter certeza que você vai se sentir em outra época de nosso país;
  • festas da cidade: se está procurando destinos para curtir o Carnaval, encontrou a cidade certa! Ouro Preto, apesar de histórica e turística, também conta com uma tradicional universidade. As repúblicas do município realizam grandes eventos no período festivo, trazendo visitantes de todo o país.

São João Del Rey e Tiradentes

Continuando pelas cidades históricas de Minas, São João Del Rey e Tiradentes também merecem estar em seu roteiro. Você pode chegar até São João, conhecer o seu centro histórico e embarcar em uma maria fumaça direto para Tiradentes. Esse passeio é um dos que mais atraem turistas, permitindo uma bela vista da paisagem verde do local.

Tiradentes já foi palco até mesmo de novelas da TV, justamente por ser preservada e trazer traços coloniais que rendem ótimas fotos às suas redes sociais. Lá, você pode fazer um passeio de charrete, frequentando os principais pontos da cidade.

Espírito Santo

Por fim, chegou o momento de conhecermos um pouco mais do Espírito Santo! Veja as principais atrações!

Vitória e Vila Velha

Vitória fica bem pertinho de Vila Velha, permitindo que o turista vá às duas cidades sem grandes dificuldades. Entre os locais a serem visitados, o Convento da Penha, um dos santuários religiosos mais antigos do Brasil, está entre as preferências das pessoas.

Em Vitória, as praias mais frequentadas são as de Camburi, Curva da Jurema e Ilha do Boi. Já em Vila Velha, você tem as opções da Praia da Costa e Praia Secreta.

Domingos Martins

Quem imaginou que o Espírito Santo tinha apenas opções relacionadas às praias, se enganou. Há ainda a região serrana, onde o visitante tem a oportunidade de conhecer a cidade de Domingos Martins. À sua volta, a Pedra Azul é um dos principais cartões postais do estado (cerca de 50km) e conta com os mais diversos restaurantes para apreciar a vista.

Ao redor da pedra, há um parque estadual com trilhas, cachoeiras e trilhas para esportes como o rapel, trekking e rafting.

Conceição da Barra

Esse é o destino do Espírito Santo que permite ao turista conhecer alguns pontos históricos e desfrutar das mais diversas opções de praias, como:

  • Praia do Farol;
  • Praia da Barra;
  • Praia da Guaxindiba;
  • Praia das Meleiras;
  • Praia de Itaúnas;
  • Praia do Riacho Doce.

Além disso, contempla alguns festivais conhecidos:

  • Fenfit;
  • Festa de São Pedro com a moqueca gigante;
  • Festival Gastronômico de Itaúnas;
  • Festival de Camarão.

Neste conteúdo, você pôde conhecer um guia completo para sua viagem para a região Sudeste. O ideal para que você possa desfrutar do passeio com tranquilidade é contar com um planejamento financeiro, além de conhecer os benefícios de contar com um clube de viagens. Por meio dele, tem a chance de destinar uma renda fixa mensalmente para fazer a viagem dos seus sonhos, permitindo tirar um período de descanso com amigos e familiares todos os anos.

Gostou das dicas que apresentamos? Compartilhe em suas redes sociais e faça com que seus amigos também conheçam os locais mais visitados da região Sudeste!

Você-precisa-viajarPowered by Rock Convert