fbpx

Há um momento na vida em que simplesmente constatamos: viajar é tudo de bom e é hora de começar a colocar esse sonho em prática. É o seu caso? Sabemos que nem sempre é fácil começar, afinal, é preciso planejar a vida financeira e os tempos de folga para conseguir sair. Mas você já pensou, por exemplo, em aderir a um clube de viagem para tornar tudo mais fácil?

Neste guia de viagem para iniciantes, vamos mostrar o passo a passo para que você consiga se organizar melhor. Aqui, você aprenderá desde a fazer a escolha do seu destino até a organizar os preparativos, a documentação necessária e as formas de economizar e planejar com mais tranquilidade os seus passeios. Confira!

1. Defina o destino

Há tantos lugares bons para se conhecer, tanto no Brasil quanto no restante do mundo, que, muitas vezes, acabamos nos perdendo na hora de escolher o destino da primeira viagem. Claro que isso depende de uma série de fatores e é preciso considerar todos eles quando você abrir o mapa-múndi e apontar o local eleito.

Uma das primeiras coisas que você tem que pensar é no tempo disponível. Quantos dias poderá ficar fora de casa? Isso é importante porque determinará a distância que você poderá percorrer, o dinheiro que deverá ter disponível e, claro, todo o planejamento para a ida.

Depois de determinar essas informações, você pode selecionar alguns dos lugares que sempre povoaram os seus sonhos e descobrir qual deles é a sua prioridade, de acordo com as condições que terá para viajar. Tomada a decisão, é hora de partir para os próximos passos.

2. Faça um roteiro de viagem

Não pense que a elaboração de um roteiro de viagem poderá engessar as possibilidades de passeios. Muita gente acaba negligenciando esse planejamento e o resultado pode ser frustrante. Ao fazer o roteiro prévio, você terá certeza de que todos os lugares que deseja conhecer no destino escolhido poderão ser visitados, sem se esquecer de nenhum ponto turístico importante para você.

Você pode usar o papel, um aplicativo ou uma planilha para determinar os dias de viagem e os passeios que fará em cada um deles. Aproveite para colocar nesse roteiro os custos, as formas de deslocamento (a pé, de ônibus, de táxi ou de metrô, por exemplo), entre outros dados que vão ajudar você a organizar melhor as visitas. Faça uma boa pesquisa prévia usando a internet para ajudar.

3. Reserve o hotel e compre as passagens antecipadamente

Esta deve ser considerada uma regra para todo bom viajante: não deixe a reserva de hospedagem e das passagens (tanto aéreas quanto rodoviárias) para a última hora. Quanto antes conseguir fazer isso, melhores preços e condições de pagamento encontrará nas companhias.

Além disso, dependendo da época do ano e do destino, se você deixar para fazer tudo em cima da hora, correrá o risco de simplesmente não conseguir vaga. Ademais, essa prática também dará mais tempo para verificar se a hospedagem fica próxima dos pontos que pretende visitar e como será o acesso àqueles mais distantes.

4. Providencie os documentos necessários

Não se engane: mesmo para destinos nacionais, algumas documentações são necessárias, além do documento de identidade. Verifique, por exemplo, se o local visitado exige algum tipo de vacina, como a da febre amarela. Essa dica vale para alguns estados brasileiros e alguns países do exterior. Veja, no site da Anvisa, onde conseguir o Certificado Internacional de Vacinação e Profilaxia.

Se for para fora do Brasil, veja se o passaporte está atualizado e se o visto será exigido. Nesse caso, é preciso ter antecedência também, pois o processo pode ser um pouco mais demorado. Com crianças, é preciso ter atenção, em especial se elas não estiverem acompanhadas dos pais.

5. Defina o orçamento da viagem

Você não quer ter dores de cabeça e nem passar aperto em suas primeiras viagens, não é mesmo? Portanto, é fundamental saber bem quanto tem disponível e quanto gastará todos os dias durante o seu passeio. Além da passagem e da hospedagem, é preciso considerar o valor de ingressos em alguns pontos turísticos, por exemplo. Você pode ter uma prévia disso fazendo uma busca na internet.

Outra questão é a alimentação. Veja se a hospedagem escolhida oferece as refeições ou apenas o café da manhã. Pense, ainda, nos gastos com transporte dentro das cidades que visitará. Por fim, não deixe de reservar um caixa extra, caso ocorram imprevistos. Não vale a pena ir com o dinheiro muito contado (e você também não pode se esquecer de que os gastos rotineiros, em casa, são mantidos, como energia, condomínio etc.).

Sabendo quanto vai gastar por dia, é hora de se organizar sobre como fazer os pagamentos. Para uma viagem ao exterior, é preciso pesquisar qual a moeda local, cotar seu valor e descobrir qual a melhor forma de fazer o câmbio, para não perder dinheiro na troca. Pense em quanto pretende usar em dinheiro e em que situações valerá a pena optar pelo cartão de crédito (aliás, não se esqueça de checar o seu limite e se precisará de alguma autorização do banco para uso no exterior).

6. Entre para um clube de viagem

Uma das maneiras mais econômicas e práticas para conseguir viajar mais durante o ano é com a adesão a um clube de viagem. Nos planos oferecidos, você paga parcelas mensais durante todo o ano e garante uma quantidade determinada de diárias em hotéis, resorts e pousadas em todo o país e no exterior. Assim, consegue se planejar melhor para sair de casa, com a garantia e a segurança de estar bem hospedado.

Ou seja, se você ama conhecer novos lugares e está se preparando para fazer isso mais vezes, conseguirá encaixar esse sonho em seu orçamento. São diversos os tipos de pacotes que facilitam as reservas e ajudam a evitar que você procrastine sua decisão de viajar, servindo como estímulo para que você planeje os seus roteiros.

Se você deseja se tornar um viajante e quer conhecer cada vez mais destinos, faça uma boa pesquisa de clubes disponíveis, verificando sua reputação e escolhendo aquele que atende melhor às suas expectativas. Fazendo isso e seguindo o nosso guia de viagem, certamente, você terá mais prazer em pensar nas suas próximas férias.

Gostou deste guia de viagem? Aproveite para ler, também, sobre como escolher o hotel ideal para sua viagem em família!

planejar-feriasPowered by Rock Convert