fbpx
Lista de viagemPowered by Rock Convert

Conhecida como Ilha da Magia, Florianópolis reserva paisagens encantadoras, tem baladas famosas e é uma das cidades sulistas mais exaltadas pelos brasileiros e gringos. Mas, apesar da cidade agradar facilmente muitas pessoas, planejar uma viagem é sempre um desafio. Afinal, com tantas opções, informações e pouco tempo para se programar, como aproveitar o melhor dos passeios e ainda não se esquecer de nada?

Para que você aproveite o máximo dessa viagem, vamos ajudar você! Neste artigo, você vai ver dicas preciosas sobre o melhor da culinária local, o que você deve visitar, sugestões de hotéis e mais!

Está curioso? Então prepare o check-list e boa leitura!

A Ilha da Magia e sua história

Não é difícil adivinhar o porquê deste apelido, afinal o que mais tem em Florianópolis são praias paradisíacas que a transformaram em um cenário quase mágico, de fato. Mas não se engane, pois a fama vai muito além das belezas naturais!

A cidade foi colonizada pelos portugueses açorianos no século XVIII, época em que os Índios Carijós eram os moradores. Mas reza a lenda que as bruxas, que viviam também na cidade, tiveram que fugir para as ilhas remotas durante a colonização europeia.

O folclore, ainda vivo e cheio de lendas, que envolve lobisomens e bruxas foi a primeira razão para o codinome. Quer saber mais? Então não deixe de ler as dicas de passeios “mágicos” que preparamos para você.

Melhor época para visitar a cidade

Florianópolis é um destino muito atraente e cobiçado. Por isso, não é de se estranhar que a fama influencia nos elevados custos, principalmente se você for em época de altas temporadas.

Por isso, a dica preciosa é: se você quer aproveitar a viagem, sem gastar rios de dinheiro, viaje nos meses de março e abril em que ainda faz calor, chove pouco e os preços estão mais acessíveis. 

Além de você poder economizar na hospedagem, alimentação e passeios, você ainda pode achar passagens bem mais baratas. Mas não fique menos que 5 dias. Florianópolis é grande e há muito o que conhecer!

Dicas de Passeios

1. Veja de perto as lendas da Ilha

Se você planeja viajar para Florianópolis, com certeza você terá inúmeros destinos turísticos para visitar. Mas, para você ter uma experiência um pouco diferenciada e se quer, principalmente, conhecer de perto mais sobre as lendas da Ilha, conheça o Salão de Festas das Bruxas na Praia de Itaguaçu e a praia Joaquina. 

Essas são duas opções que, por causa de suas lendas, fazem parte da cultura folclórica da região.

2. Encontre a praia ideal para você

Apesar de Florianópolis ser um destino caro, as suas maiores atações são gratuitas. Ao todo são 42 praias, mas os nativos dizem que este número chega a 100! Enquanto a quantidade é questionada, a diversidade das praias é algo certo: grandes, pequenas, para crianças, mais vazias, mais cheias, para surfe, nudismo, para baladar e descansar.

Na região norte, a praia mais conhecida é, com certeza, Jurerê. O bairro é nobre, por isso é uma opção mais cara. Ainda no norte da Ilha têm a Praia do Forte, Canasvieiras e Daniela (todas com ondas fracas, perfeito para quem está com criança).

Em compensação, há também praias com ondas mais fortes, como a Praia Brava, Praia dos Ingleses, Praia Mole e Praia da Barra da Lagoa, com piscinas naturais, e a Praia Joaquina, já citada anteriormente — ela é bem procurada pelas suas dunas e prática do surfe. Além disso, Florianópolis tem algumas praias de nudismo, como a Praia da Galheta.

Na parte Sul, as mais frequentadas são a Praia do Campeche e a Praia da Armação, de onde saem embarcações que vão direto para a Ilha Campeche, com suas areias claras e águas cristalinas.

Outras ótimas opções gratuitas

Não é só de praia que vive turista, não é mesmo? O centro da cidade de Florianópolis também vale a pena ser explorado. Veja abaixo algumas opções bem legais e, claro, gratuitas.

1. Conheça o centro histórico e o Mercado Público

É um passeio rápido e imperdível para quem quer saber sobre a história e a cultura da cidade. Veja as construções antigas tombadas como patrimônio, visite a charmosa Praça XV de Novembro e a Catedral Metropolitana de Florianópolis. O Mercado Público é uma ótima opção para fazer umas comprinhas e comer algo bem gostoso!

2. Pratique exercícios ao lar livre

Para os amantes de uma boa caminhada em contato com a natureza, visite o Parque Ecológico Municipal Professor Davi Ferreira. Ele conta com inúmeras opções de fauna e flora e tem uma pista longa e perfeita para se exercitar.

Se você gosta de fazer trilhas, ande bastante até a Lagoinha do Leste, uma praia em preservação cercada por uma mata fechada. A vista durante o percurso é linda e vale todo o suor.

3. Morro da Cruz

Para terminar o dia com sucesso, vá ao mirante Morro da Cruz. Esse lugar proporciona aos seus visitantes uma vista de tirar o fôlego! E o melhor? O local é de fácil acesso e você não paga nada para entrar!

4. Veja a Ponte Hercílio Luz à noite

Considerada o cartão postal mais importante da cidade, a Ponte ganha uma iluminação especial durante as noites. Uma ótima sugestão para um encontro a dois.

5. Visite o Museu de Arte Moderna de Florianópolis (MAMF)

É um dos maiores museus do país em arte moderna com entrada franca! Não é demais? Lá, você encontra obras de artistas nacionais e internacionais, como Di Cavalcanti, Portinari e Tarsila do Amaral. O museu fica aberto de terça a sábado, das 10h às 20h30, e domingos e feriados das 10h às 19h30. Não deixe de conferir!

Sobre a gastronomia local

Todo mundo tem que comer. E tudo bem se você gosta de ir ao supermercado e fazer a própria comida, mas um dia ou outro, vale a pena sair e experimentar um prato regional.

Florianópolis não é pequena, então, há diversas opções de restaurantes e bares dos mais caros até os mais acessíveis. Para você saber o que pedir neles, vamos dar algumas sugestões de pratos bem diversificados e que agradam bem os nativos e os turistas.

A comida típica da região é o peixe frito, salada, pirão, arroz e feijão, o famoso PF da Ilha. Tem também o pastel de berbigão, vieiras, ostras, corvina, anchova, linguiças de Blumenau, moqueca entre outros.

Se você for visitar o Mercado Público, aproveite para fazer uma refeição no Balcão do Mané, Vai quem quer e Box 32, um dos prediletos para comer um bom pastel de camarão. O bairro do Coqueiros também é conhecido pela concentração de bons bares, restaurante e cafés.

Hora de fazer as malas

Para fazer qualquer viagem, é importante que antes você faça um planejamento para não se esquecer de nada! Mas, quando se trata de um destino praiano, alguns itens são óbvios para colocar na mala, como: roupas de banho, óculos de sol, protetor solar, chinelos e shorts. 

Mas prepare-se para as mudanças de tempo e leve sempre uma blusa de frio e calça, pois as noites em Floripa são um pouco frias.

Se você for curtir as baladas na cidade, lembre-se das sandálias e não se esqueça também do tênis para caminhadas e trilhas.

Dicas de hospedagem

A cidade conta com uma boa estrutura e várias opções quando se trata de hospedagem. Porém, se você for em época de alta temporada, faça a sua reserva com antecedência — ou terá grandes dificuldades em achar vagas.

Apesar da grande variedade, indicamos para você alguns ótimos hotéis que não vão deixar você na mão, como:

1. Slavieiro Florianópolis

Localizado no centro da cidade, proporciona uma linda vista para a Ponte Hercílio Luz.

2. Hotel Mercure Itacorubi

O Hotel oferece uma infraestrutura completa e fica próximo aos shoppings centers.

3. Canto da Ilha

Situado em uma região mais afastada do centro e próximo de algumas praias.

4. Novotel Florianópolis

Ideal para você que quer muita comodidade e ainda desfrutar de uma belíssima vista.

5. Hotel Canasvieiras Internacional

Por último, mas não menos importante, o mais novo empreendimento que fica ao norte da Ilha e pertinho da praia que dá o nome ao edifício. Os apartamentos são amplos e estão na categoria luxo!

Gostou das dicas para aproveitar muito Florianópolis? Então, compartilhe com seus amigos e deixe que eles também conheçam mais sobre esse lugar lindo!

Prepare-se, novidades vêm por aí! Porque #ViajarFazBem!

Você-precisa-viajarPowered by Rock Convert