fbpx
Lista de viagemPowered by Rock Convert

Planejar uma viagem é, sem dúvida, a melhor coisa que você pode fazer para evitar problemas. Depois de escolher um destino, normalmente, decidimos como chegar e se locomover no lugar. E a pergunta que sempre vem é: vale a pena alugar carro?

Saiba que aluguel de carro, hoje em dia, não é só uma opção para quando você chega no destino. Ele pode, e deve, ser considerado também para chegar até lá!

Mesmo se você já tem um automóvel, às vezes, é mais vantajoso alugar um do que gastar uma pequena fortuna para fazer uma revisão e deixar o carro em ordem, para poder pegar a estrada. A maioria das locadoras oferece assistência 24 horas e troca de veículo em caso de pane.

Então, para não ter dor de cabeça, siga estas dicas!

1. Avalie as pontos positivos de alugar um carro

Viajar de carro proporciona liberdade e flexibilidade. Passou por uma cidadezinha bonita que nunca ouviu falar? Tem um mirante com uma paisagem deslumbrante que renderia uma linda selfie? Bateu uma fominha no meio da tarde? Com o carro você tem mais liberdade para decidir o que fazer.

Se você for viajar com crianças, idosos ou pessoas com alguma limitação física, optar pelo carro é, sem dúvida, uma decisão acertada.

Pode ser uma boa maneira de economizar também. Dividir o custo do aluguel e despesas de combustível com os outros viajantes é mais uma das vantagens.

Dependendo do tipo de viajem, é muito bom ter um porta-malas para deixar mochilas, mudas de roupas e, quem sabe até, uma cesta de piquenique.

Já se convenceu de que alugar carro para viajar pode ser uma ótima ideia?

2. Considere o tipo de viagem

O destino, número de pessoas e o tipo de viagem são o que determinam qual o modelo de veículo a ser alugado.

Se o destino é uma cidade, talvez seja mais conveniente alugar um carro mais compacto, fácil de manobrar e estacionar. Já uma viagem off road pode exigir um veículo com suspensão mais alta e tração nas rodas.

O lugar é muito quente ou muito frio? Pode ser necessário ar-condicionado para garantir o conforto dos passageiros.

O número de ocupantes do veículo e a quantidade de malas também conta na hora de alugar carro. É preciso ter espaço e conforto, para que a viagem não fique cansativa.

3. Preste atenção na quilometragem

Tenha em mente uma estimativa das distâncias que vai percorrer. Algumas locadoras oferecem tarifas mais baratas, mas cobram por quilômetro rodado. Veja o que pode ser mais vantajoso no seu caso.

Na dúvida, opte pela quilometragem livre, assim você não vai ter surpresas e fica com mais flexibilidade para conhecer e explorar o lugar e as proximidades.

4. Faça a reserva com antecedência

Em alguns locais e épocas do ano, alugar carro pode ser uma maratona! A demanda é tanta que há escassez de modelos e os preços ficam superfaturados.

Outra vantagem de alugar com antecedência é encontrar preços mais baixos e, no caso de não haver disponibilidade de algum modelo na categoria que escolheu, você recebe um upgrade!

5. Sempre inclua um seguro

Normalmente as tarifas oferecidas pelas locadoras não incluem o seguro. Fique atento a tarifas muito baratas! Mas, definitivamente, esse é um gasto necessário.

Cheque com a locadora quais as condições, valores de coberturas e franquias. Tire todas as dúvidas antes de fechar a locação. Muitas dessas informações podem ser obtidas no próprio site.

Seguro que cobre danos ao veículo e terceiros é imprescindível! Agora, para danos pessoais, talvez não seja necessário, caso você já tenha um seguro de viagem. Verifique também o tipo de assistência que a locadora dá, e se já está inclusa na tarifa. Não pague a mais por isso!

Alguns cartões de crédito oferecem o seguro, caso a locação seja paga com o ele. Consulte a sua operadora. Mas saiba que, em muitos casos, a locadora vincula um valor caução na fatura até que o veículo seja devolvido.

6. Preste atenção aos adicionais

Não é só o seguro que pode encarecer a tarifa! Aluguel de cadeirinhas infantis, aparelhos de GPS, limpeza do veículo, tanque de combustível, motorista adicional. Tudo isso pode ser uma surpresa desagradável na fatura!

Os valores cobrados pelas locadoras como taxa de limpeza, caso você devolva o veículo muito sujo, são bem salgadas. Fique atento a isso.

Se você pegou o tanque cheio, devolva cheio! O preço por litro de combustível e as taxas cobradas, caso você entregue o tanque vazio, tendem a ser muito altas. Não custa nada dar uma passada no posto antes de devolver o carro, certo?

7. Compare os preços

Comparar preços é fundamental em qualquer aquisição que vamos fazer, e na hora de alugar carro, não pode ser diferente. Você vai se surpreender com as diferenças de preço.

Há muitas opções de locadoras e é possível fazer a pesquisa online. Também existem sites que fazem isso por você, comparando os preços de várias empresas. Você escolhe as características do veículo, o local de retirada e a duração da locação, e ele mostra as opções.

Uma boa dica para conseguir as melhores tarifas, é ficar de olho nas parcerias. Alguns serviços, como cartões de créditos, programas de milhagens e hotéis, têm parcerias com locadoras, e isso pode representar um bom desconto!

8. Leia o contrato e faça vistoria no veículo

Se você vai alugar carro depois de uma longa viagem e está cansado, às vezes é difícil ler o contrato, mas tem que ler! Tire todas as dúvidas, não tenha pressa. Uma alternativa é solicitá-lo com antecedência. Normalmente é padrão, só serão acrescentados os serviços adquiridos.

Mas atenção a isso. Verifique se o que consta no contrato é o que você pediu.

Na hora da retirada do veículo, faça a vistoria com o atendente e certifique-se de que ele anotou tudo! Vale qualquer risquinho ou amassado. Confira o estepe, macaco, chave de rodas, triângulo sinalizador.

Agora sim! Você já sabe tudo sobre como alugar carro para viajar. Então, é só escolher o modelo que mais agrada, colocar as malas no carro e sair pela estrada!

Mas se você ainda tem dúvida de que essa é a melhor opção de viagem, continue conosco mais um pouquinho e confira os prós e contras de viajar de carro em mais um post exclusivo de nosso blog.

Você-precisa-viajarPowered by Rock Convert