fbpx
Lista de viagemPowered by Rock Convert

Estamos na era da gurmetização e das competições culinárias, e o termo gastronomia nunca foi tão usado. Ela é o conjunto de práticas, técnicas e conhecimentos que, somados, produzem pratos de qualidade e sabores marcantes.

Mas o que a tal da gastronomia tem a ver com as comidas típicas de Belém do Pará? Absolutamente tudo! Não é possível falar de culinária no Brasil sem incluir essa cidade tão rica do Norte do país.

Capital do Estado do Pará, essa cidade de, aproximadamente 1,5 milhão de habitantes, recebeu o título de Cidade Criativa da Gastronomia pela Unesco. Com seus ingredientes exóticos e regionais, conquistou o paladar de turistas do mundo inteiro e do Brasil.

Cheia de edificações históricas, Belém teve seus dias de opulência e glória durante o ciclo da borracha, que trouxe dinheiro e desenvolvimento para a região. É cercada por rios e florestas, marcada pelo calor e pelas chuvas diárias.

A diversidade cultural e a riqueza da flora e fauna amazônicas são a base dos pratos, muitos de origem indígena, mas com forte influência africana e portuguesa. Vamos dar um passeio por essa culinária única?

1. Pato no Tucupi

Sem dúvida, uma das mais famosas comidas típicas de Belém do Pará, esse prato leva dois dos ingredientes mais icônicos dessa culinária: tucupi e jambu:

  • tucupi é um caldo extraído da mandioca brava (que é venenosa) e cozido lentamente, por um longo período, para que possa ser consumido;
  • jambu é uma folha que tem propriedades anestésicas é a responsável por dar uma sensação gostosa de formigamento na boca.

O pato é cozido nesse caldo e servido com o jambu refogado, arroz e farinha de mandioca. Uma verdadeira viagem sensorial!

2. Maniçoba

Conhecida como feijoada paraense, a maniçoba é feita com as folhas trituradas da mandioca, que precisam ser cozidas por dias, para retirar a toxidade. Após esse processo, acrescentam-se carnes salgadas e defumadas, como uma feijoada.

Depois de mais um período longo de cozimento, está pronto um prato de aparência questionável, mas de sabor delicioso! Também é servida com arroz e farinha de mandioca. Nesse caso, vale a máxima “as aparências enganam”!

3. Tacacá

Também preparado com tucupi e jambu, é um prato de origem indígena. Uma das comidas típicas de Belém do Pará mais tradicionais, é possível consumi-la em barracas de rua, onde são preparadas por cozinheiras conhecidas como tacacazeiras.

Servido bem quente em cumbucas, esse caldo é preparado com camarões e jambu refogado. Acompanha um palito para fisgar os ingredientes sólidos e o caldo é bebido direto do recipiente. Os consumidores mais ousados podem acrescentar pimenta.

4. Caruru

Comida típica do nordeste brasileiro, também é muito consumida no Pará. A base desse prato é o pirão, feito com farinha, quiabo, camarões secos, temperos verdes e azeite de dendê. É servido com arroz e farinha. Algumas versões também podem usar o tucupi na receita.

5. Peixes de água doce

Os peixes estão muito presentes na culinária paraense. Situado sobre a maior bacia hidrográfica do mundo, no Pará, a pesca de água doce é muito importante para a economia local. Tambaqui, pirarucu e filhote são só alguns dos peixes nativos.

O filhote ou piraíba é um peixe de água doce que pode ultrapassar facilmente os 100 quilos. Sua carne branca e firme é considerada uma iguaria. Pode ser consumido de várias maneiras. Refogado, assado na brasa, mas o mais paraense de todos é com crosta de castanha do Pará.

Já que falamos da castanha, ela é conhecida pelo Brasil todo, e muito usada em comidas típicas de Belém do Pará.

6. Caranguejo

Facilmente encontrado em mercados, esse crustáceo é muito presente nessa culinária. São muitos os pratos que levam o ingrediente: caldeiradas, sopas, risotos e entradas estão por toda a parte.

7. Vatapá

Um pouco diferente do prato baiano, o vatapá paraense é feito com um creme à base de camarão, farinha de trigo, leite de coco, azeite de dendê, chicória, tempero verde e sal. No final do preparo, são acrescentados mais camarões.

8. Açaí

O açaí, na verdade, não é um prato, mas um ingrediente muito presente nas comidas típicas de Belém do Pará. Se você já pensou no açaí consumido em outras regiões do Brasil, servido como um sorvete, leite condensado, granola, paçoca e coberturas das mais variadas, saiba que ele está muito além do doce e da sobremesa.

Esse frutinho de uma palmeira está presente na comida do dia a dia, como acompanhamento para pratos salgados. Pode vir na forma de pirão, farofa ou cremoso, com tapioca granulada.

9. Bolo de macaxeira

O ingrediente principal, como o nome diz, é a macaxeira ou mandioca, como é mais conhecida no Sudeste. Nessa receita, a mandioca é ralada crua e batida com ovos, açúcar, coco ralado e temperada com erva-doce. Uma delícia para o café da manhã ou para acompanhar um cafezinho no final da tarde.

10. Sorvetes de frutas típicas

A variedade de frutas da região é imensa. Elas estão presentes em pratos salgados, sobremesas, bombons e sorvetes. Essa é uma das mais deliciosas formas de explorar toda a riqueza de sabores dessa região.

O calor local e a variedade convidam a saborear essa doçura gelada várias vezes ao dia! Bacuri, carimbó, muruci, uxi, cupuaçu e araçá são só alguns dos sorvetes exóticos que você vai encontrar. A mais conhecida e tradicional sorveteria de Belém é a Cairu.

Você pode experimentar as comidas típicas de Belém do Pará por toda cidade. No centro turístico Estação das Docas, você encontra boa comida e conhece mais sobre a cultura local.

O mercado Ver-o-Peso, com sua construção única, é o cartão postal de Belém. No século XVII, funcionava como um posto de fiscalização da coroa portuguesa. Atualmente, é o grande centro comercial de produtos variados, considerado o maior mercado e feira livre da América Latina.

Além de peixes frescos, frutas, ervas, temperos e tudo que faz parte dessa culinária exótica, você também encontra alguns restaurantes e pode provar as frutas e bebidas, que são vendidas diretamente nas barracas. É uma festa de aromas e sabores!

Já que você conheceu um pouco da riqueza das comidas típicas de Belém do Pará, dá uma esticadinha no nosso blog para descobrir mais sobre a Você-precisa-viajarPowered by Rock Convert