fbpx

Vamos viajar juntos?

Quer viajar com cachorro ou gato? Leia o guia definitivo de viagens com pet!

Compartilhe:

Viajar com seu cachorro ou gato é uma ótima ideia, né? Confira nosso guia e tenha sempre seu companheiro fiel ao lado nas viagens :)

Quem tem animal de estimação dificilmente consegue ficar longe deles por muito tempo e sofre quando precisa viajar e não pode levá-lo junto. Deixar na creche ou hotel, às vezes é mais prático. Só que nossas dicas vão fazer você querer levar seu pet para mais e mais viagens, porque viajar faz bem e viajar com seu cachorro ou gato é muito mais divertido 🙂

É preciso um pouquinho de planejamento e pesquisa, porque existem hotéis que ainda não permitem animais. Se a viagem for internacional, existem mais procedimentos para a entrada do pet, mas cumprindo todas as obrigações você conseguirá levá-lo, sem problemas.  

Acompanhe o post e saiba como viajar com seu cachorro ou gato!

Leve seu pet ao vet

Independente do tipo de viagem, é preciso levar seu bichinho ao veterinário antes de sair para verificar a saúde dele e atualizar as vacinas caso seja necessário. 

Fique atento à vacina antirrábica, ela deve ser aplicada pelo menos 30 dias antes do passeio e não se esqueça de levar a carteira de vacinação junto com seus documentos pessoais.

Descubra quem é você nas viagens!

Faça nosso quiz e receba dicas exclusivas pro seu perfil 💙

FAZER TESTE

Viagem de Carro

Se você vai levar seu animal de estimação em uma viagem de carro, primeiramente é preciso acostumá-lo ao veículo, por isso faça passeios curtinhos com ele antes de pegar a estrada oficialmente. 

Para evitar enjoos, dê uma refeição leve 3 horas antes e ofereça água para mantê-lo hidratado durante o percurso. Também é importante fazer paradas a cada 2 horas para passear com animal, dar água e para que ele faça as necessidades fisiológicas.

Garantindo a segurança de todos: do pet e dos passageiros humanos, para viajar com cachorro ou gato de carro é recomendado colocá-lo em uma caixa de transporte.

Voos

Algumas especificações e condições variam de acordo com o destino escolhido e regras próprias de cada companhia aérea. Por isso, é muito importante verificar informações como o peso limite permitido do cachorro ou gato e taxas de transporte no site da operadora antes de comprar sua passagem!

Voos domésticos

Para levar pets em voos pelo Brasil é preciso apresentar:

  • Comprovante de vacinação antirrábica que deve ser aplicada de 30 dias a um ano antes do embarque;
  • Atestado de saúde do animal emitido por um veterinário até 10 dias antes do voo;
  • Providenciar caixa de transporte adequada (Não pode ter rodas; Precisa caber sob o assento dianteiro em posição horizontal). 

Se o peso total (soma do animal + da bolsa de transporte) tiver até, em média, 6 kg ele poderá ir com você na cabine, mas as companhias aéreas limitam o número de animais: geralmente são apenas 3 por voo, então é interessante que você avise a empresa com antecedência para garantir o lugar do seu pet. 

Se o animal for de grande porte, deverá ser despachado e transportado no porão do avião e, nesse caso, pode ser administrado algum sedativo, com orientação do veterinário.

Voos internacionais

Para viagens internacionais, além dos procedimentos para o voo, também será necessário  atender as condições exigidas pelo país de destino. Portanto, procure a embaixada ou consulado do país para se informar sobre as obrigações.

Além disso, é preciso implantar um microchip subcutâneo no animal que servirá como identificação e obter o Certificado Veterinário Internacional (CVI) que é obrigatório para o trânsito de animais. 

Você pode acessar o site do Ministério da Agricultura para verificar quais documentos são necessários e vá até uma das unidades para solicitar o documento. Alguns países aceitam o passaporte do animal de estimação em substituição do CVI. Verifique com o consulado do país de destino se o documento é aceito. Por fim, para emiti-lo, vá até uma unidade do Sistema de Vigilância Agropecuária Internacional (Vigiagro) que fica localizada nos aeroportos.

Escolha hotéis adequados

Hoje em dia, muitos hotéis sabem que é comum viajar com cachorro ou gato e, por isso, são pet friendly. Porém, ainda é necessário pesquisar previamente se existe e quais são as condições para que o seu animal de estimação seja aceito no hotel escolhido! Por exemplo: pergunte se aceitam o porte do seu pet, se existe uma área determinada para pets ou se ele poderá ficar no seu quarto, se poderá circular pelas áreas comuns e se é feita a cobrança de taxas extra…

Outro ponto de atenção é a bagagem do pet. Não se esqueça de levar o kit para higiene, reservatório de comida e água, guia/coleira, caminha, boia/colete salva-vidas, brinquedos, entre outros acessórios para que viajar com seu cachorro ou gato do jeito mais confortável possível, para toda a família.

Tem preguiça de procurar ou entrar em contato com diferentes hotéis para saber se aceitam seu pet? Com um clube de viagem, viajar com cachorro ou gato fica ainda mais fácil: nosso serviço de concierge encontra várias opções de hotel pet friendly no destino que você deseja visitar, além de descontos e promoções para família toda viajar mais, todos os anos.

Fale com a gente ✨

Planeje suas viagens com economia, sem estresse!

Comente:

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Não perca nenhuma dica!

Assine nossa newsletter e receba a cada duas semanas as melhores dicas e roteiros de viagem, escolhidas por nossos especialistas!

Categorias

Mais