fbpx

Viajar Faz Bem, ainda mais se podemos ir a restaurantes muito bem conceituados e conhecer o segredo de tanto sucesso. Esse post vai falar com detalhes sobre 4 restaurantes badalados de chefs famosos aqui no Brasil. Acompanhe!


Tempo de leitura: 7 minutos

Você vai ler sobre: Restaurantes de chefs famosos, dicas de pedidos de menu, localização e média de preço


1. Arturito – Paola Carosella

Muito elogiado do começo ao fim, o restaurante Arturito fica em Pinheiros, São Paulo e é comandado pela Chef Paola Carosella. As reservas são feitas sempre pelo site simples e elegante, onde é possível encontrar a localização exata, contato, os cardápios, sobre a Paola, que é argentina e tem descendência italiana, onde cresceu rodeada de pomares, hortas, galinhas e coelhos e assim que se formou na escola, já começou a trabalhar nas cozinhas de restaurantes, o que faz até hoje, como cozinheira. 

 O restaurante inaugurado em 2008, tem cozinha com inspiração mediterrânea e latino-americana. Seus pratos são todos frescos e Paola preza pela qualidade dos ingredientes, que muitas vezes em sua conta do instagram mostra como é feita a seleção de cada um. Paola também tem um restaurante La Guapa, inaugurado em 2014 com seu sócio Benny Goldenberg, de empanadas artesanais, café e doces latinos.

Empanada

A dica dos viajantes que já puderam comer no restaurante da chef, é pedir o pão orgânico de fermentação natural com manteiga, as empanadas assadas em forno de lenha e provar de sobremesa, o sorvete de doce leite. 


2. L’Entrecôte d’Olivier – Olivier Anquier

Com duas unidades, uma em Itaim e outra em Jardins, em São Paulo, o Bistrô de Olivier, é muito conhecido por seu prato único que claro, leva o nome do restaurante. A faixa de preço está entre R$ 120 a 175 reais, com capacidade boa. 

O segredo é o molho especial desenvolvido pela tia de Olivier que acompanha o prato. 

Profiterolises

Para quem é apaixonado por entrecôte e contrafilé, também é servida uma guarnição de batata frita fininha e crocante e é possível repetir quantas vezes quiser. A salada de folhas e nozes também é uma sugestão e para sobremesa, profiteroles com creme e calda de chocolate. Nada mais francês, não é mesmo? 😉


3. Mani – Helena Rizzo 

Helena Rizzo já foi eleita como melhor chef mulher do mundo pela revista Restaurant e Mani, onde comanda, é considerada 46º melhor cozinha, também do mundo. Aos 12 anos, Helena já vendia bolachinhas, bombons e salgadinhos feitos por ela, para ir ao cinema e shopping. considerado um dos melhores restaurantes na linha naturais e orgânicos de São Paulo, a dica é pedir de entrada os bombons salgados de gorgonzola. Há muitas opções exóticas e saudáveis em seu menu, como talharim de pupunha, ou risotto de beterraba, muito elogiados. 

Risotto de beterraba

Domingo é o dia do slow food, então é aconselhável para não levar crianças, pela demora. O Mani também tem um irmãozinho, o Manioca, que é mais no formato de eventos e tem gente que até casou lá! Fica localizado no Jardim Paulistano e as reservas podem ser feitas no site. 


4. Moquém do Banzeiro – Felipe Schaedler

Radicado em Manaus, mas vindo do Oeste de Santa Catarina, Felipe traz as delícias da Amazônia com foco de turismo sustentável e seu menu é muito elogiado pelos viajantes. Com opções para veganos e vegetarianos, o cardápio é bastante variado e a comida bem elaborada.

Suflê de Cupuaçu

É um restaurante fino e simples ao mesmo tempo, com ótimo atendimento e atenção aos detalhes muito coloridos. A localização é dentro de um shopping, em Manaus e todos os pratos levam especiarias. A dica é pedir de entrada queijo coalho com bacon de pirarucu e chá de laranja com cumaru. Tambaqui na brasa e suflê de cupuaçu com calda de brigadeiro. Moquém do Banzeiro fica em Adrianópolis, Manaus e Banzeiro de São Paulo, fica Itaim Bibi.

E aí viajante, já conhecia algum desses restaurantes? Qual deles foi o melhor?

Prepare-se, novidades vêm por aí! Porque #ViajarFazBem 💙

Powered by Rock Convert